segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Novo Universo

Criado em 1986 pelo então diretor da Marvel, Jim Shooter, o Novo Universo consistia, como o seu próprio nome dizia, em um novo mundo, diferente daquele que já conhecíamos, habitado por Homem-Aranha, Hulk, Quarteto Fantástico etc. Neste novo universo, pessoas comuns adquirem estranhos poderes após um fenômeno celestial denominado Evento Branco e precisam aprender a lidar com eles. Mas tanto a crítica quanto o público não gostaram das histórias e, com o fracasso de vendas, três anos depois de criado, o Novo Universo foi cancelado. Por aqui, personagens como Estigma, Máscara Noturna, P.N.7, Merc e Trovão chegaram a ser publicados nas revistinhas da Abril "Força Psi" e "Justice". Agora, passados 20 anos de sua criação, o roteirista Warren Ellis, em parceria com o bom ilustrador Salvador Larroca, decidiu ressuscitar o Novo Universo em uma nova série de histórias em quadrinhos.

Inteligentemente, Ellis introduz dois dos melhores personagens do Novo Universo em "new universal" (em minúsculas mesmo) #1: Estigma e Máscara Noturna. Estigma é um jovem que adquire superpoderes ao ter gravada, em sua mão, a marca de uma estrela, enquanto que Máscara Noturna é uma pessoa com a capacidade de entrar nos sonhos de outra. Curiosamente agora o personagem é uma mulher e, pelo visto, sem máscara, diferente de sua primeira encarnação. Talvez pelo fato do Máscara Noturna habitar o mundo dos sonhos, ele era o único herói mascarado do Novo Universo. O terceiro personagem a ressurgir na nova série de Ellis é o alienígena Justice, alguém que pode ver a aura das pessoas e, a partir daí, julgar se ela é boa ou não, se merece ou não viver.






Nenhum comentário: