segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Madrugada dos mortos

'Madrugada dos Mortos', remake de um filme de sucesso dos anos 70. O filme conseguiu bater 'A Paixão de Cristo' e estreou em primeiro lugar, algo inusitado para um filme sobre zumbis.
No filme, um grupo de pessoas precisam lutar desesperadamente para sobreviver aos zumbis. Por que começou, onde começou? Não se sabe. O que aconteceu, quem iniciou? Do dia para a noite, o mundo virou um pesadelo vivo de proporções surrealistas, com a população do planeta atingida por uma praga inexplicável, inabalável e letal: os mortos não ficam mais mortos. Corpos ansiosos pela próxima refeição perseguem os poucos sobreviventes, motivados por uma fome insaciável de se alimentarem da carne dos vivos.Depois de conseguir fugir de sua casa no subúrbio de Wisconsin, na manhã seguinte, Ana Clark se junta a um pequeno grupo de sobreviventes, incluindo o policial Kenneth, o vendedor de equipamentos eletrônicos Michael, o malandro Andre e sua mulher grávida. Eles acabam encontrando refúgio numa das fortalezas do final do século XX - um elegante shopping abandonado. Enquanto o mundo lá fora vai ficando cada vez mais infernal e o exército crescente de zumbis em decomposição tenta incansavelmente se infiltrar no shopping, os sobreviventes vão se preparando para enfrentarem os mortos-vivos, uns aos outros e os seus próprios medos.Isolados daquilo que costumava ser o mundo, os habitantes do shopping - agora um dos últimos baluartes da humanidade - têm que aprender a conviver entre si e a usar todos os recursos disponíveis em sua luta para manterem-se vivos e, o mais importante, humanos.
Neste filme, os zumbis estão mais rápidos e mais fortes em seus poderes sobrenaturais, com a determinação para matar igual a de um tubarão que sente o cheiro de sangue na água. E quando um humano é mordido e morre, a transformação em zumbi é quase tão instantânea quanto a morte. Para criar o visual dessa nova raça de zumbis, os cineastas contaram com o talento do Desenhista de Efeitos Especiais de Maquiagem David Anderson (Homens de Preto, A Morte lhe Cai Bem), vencedor de dois Oscar. O Diretor Zack Snyder argumenta: "Não queria que este filme fosse um pesadelo em CGI (imagens geradas por computador). Desde o início, eu o vi como um filme de efeitos de maquiagem". Ao que a atriz Sarah Polley comenta: "Foi incrível, houve vezes em que olhava para eles, principalmente quando estava bem de perto, e sentia uma onda de náusea por parecerem tão repulsivos com toda aquele corpo em decomposição. Dava até para sentir o cheiro de podre!".Na versão de 1979, George A. Romero e sua equipe filmavam nos períodos de meia-noite às 6:00 num shopping que funcionava plenamente durante o dia, mas desta vez a equipe de locação achou um shopping de quase 14 mil metros quadrados que aguardava para ser demolido, e o reformaram totalmente. O Desenhista de Produção participou de um trabalho com total colaboração do diretor, como lembra: "Zack tinha idéias específicas sobre o que precisaria para as filmagens no shopping. Conversávamos sobre as lojas e revisávamos todos os sketches discutindo os melhores materiais e iluminação a serem usados".
George A. Romero temperou o seu filme de terror com uma leve crítica à sociedade e ao consumismo. A questão da "cultura dos shoppings" ainda não existia, pois a explosão desses templos do consumo estava em seu estágio inicial. Hoje em dia, os shoppings são parte integrante e bem aceita da paisagem capitalista. O Produtor Eric Newman finaliza: "Tentamos tocar nos temas que Romero explorou, de que as nossas rotinas são consumidas com coisas como o próprio consumo. O zumbis se alimentam inconscientemente e a nossa sociedade, às vezes, consume inconscientemente".
Formato:RMVB
Qualidade: Boa

Nenhum comentário: