quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Astonishing X-Men - Completa!!!!!

Recentemente o escritor Joss Whedon (criador de Buffy e Angel) assumiu os roteiros de Astonishing X-Men (Os Surpreendetes X-Men..aqui no Brasil), gibi criado para substituir New X-Men, de Grant Morrison.
De cara, Whedon, seguindo orientações dos manda-chuvas da Casa das Idéias, deu um jeito de trazer os colantes coloridos de volta, deixando os trajes de couro à la Matrix de lado.

No entanto, a principal modificação que Whedon provocarria nos X-Men viria pouco depois, com o anúncio da volta de um X-men morto há algum tempo ao dia-a-dia dos títulos mutantes.
E que vocês verão nesta saga, com todos as 24 edições.





astonishing x-men 15.cbr



astonishing x-men 16.cbr



astonishing x-men 17.cbr



astonishing x-men 18.cbr



astonishing X-Men 19.cbr



astonishing x-men 20.cbr



astonishing x-men 21.cbr



astonishing x-men 22.cbr



astonishing x-men 23.cbr



astonishing x-men 24.cbr

Astonishing X-Men, nas mãos de Joss Whedon e John Cassaday, é um dos maiores sucessos de crítica e público na história recente da Marvel.

Já se sabe há mais de um ano que os dois deixam a série após a edição 24.

Para substituí-los, a editora não poderia fazer feio.

Os substitutos foram revelados sexta-feira, na San Diego Comic-Con: Warren Ellis (Planetary, Transmetropolitan, Nextwave) será o novo roteirista, ao lado de Simone Bianchi (Wolverine). E a série muda de nome para Astonishing X-Men: Second Stage.








Thundercats: Orgulho do Inimigo (Completa)

Entre os anos de 1985 e 1988, um clã de humanóides, com aspectos e poderes felinos, dominou as manhãs de desenho em todo o mundo. Criados pela Telepictures Corporation, os Thundercats (literalmente "Gatos do Trovão") conquistaram milhões de fãs em seus mais de 120 episódios exibidos em diversos países (entre eles EUA, Brasil, Argentina, Austrália e Japão).

O início da saga dos gatos se assemelha muito com a do Superman. Assim como aconteceu com Krypton, o planeta dos Thundercats - chamado Thundera - explodiu e alguns poucos sobreviventes fugiram, na última hora, em busca de um novo lar.

Thundercats #2Um dos mestres de Thundera, o cego Claudius, foi guardião da Espada Justiceira do Olho de Thundera durante muitos anos e transferiu seu legado ao seu pequeno filho pouco antes da tragédia. Claudius não consegue deixar o planeta, mas envia uma nave para o espaço na qual estão o pequeno Lyon, os Thundercats e a poderosa espada.

Junto com Lyon, conseguem escapar da explosão - liderados pelo ancião Jaga - o genial Panthro, o inventor Tygra, a sensitiva Cheetara, os gêmeos Willy Kit e Willy Kat e Snarf, incumbido de ser "a babá" de Lyon. Porém, durante a fuga, a nave acaba sendo atingida por outra de uma raça inimiga, e se desvia do caminho planejado.

Thundercats #3A viagem é muito longa - os Thundercats já estão dormindo em cápsulas de animação suspensa - e Jaga decide pilotar a nave, morrendo de velhice pouco antes de a aterrissar no planeta batizado de "Terceiro Mundo". A partir deste momento, os Thundercats passam a ser liderados por Lyon em suas aventuras em busca da paz, justiça e liberdade, descobrindo o mundo novo no qual se encontram e enfrentando a aliança Mumm-Ra/Mutantes.

Agora, os Thundercats estão de volta.


quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Double Pack Disney: Mickey e Pato Donald

Por incrível que pareça, eu havia esquecido como era bom e agradável ler os gibis da Disney. Mas agora a pouco o Santi (outro colaborador do blog) me passou o link onde haviam algumas e após lê-las, pensei aqui comigo e cheguei a conclusão: Preciso compartilhá-las!



Diablo: Contos do Santuário

Para quem curte o game, segue agora a HQ com histórias baseadas no jogo Diablo 2 e Diablo 2 - Lord of Destruction.

Fury: O Pacificador

Garth Ennis, abençoado seja, está em seu elemento aqui. O irlandês psicopata está completamente à vontade para falar dos seus assuntos preferidos: guerra, carnificina, desmandos de oficiais de alto escalão, estupidez humana, a proverbial bizarrice inglesa e, claro, formas interessantes de carbonizar pessoas enquanto elas ainda estão vivas.

Ennis finalmente diz a que veio na sua segunda minissérie em parceria com Darick Robertson para o diretor da S.H.I.E.L.D., quando encontramos o jovem Nick Fury ser resgatado no deserto por uma divisão muito suspeita de soldados ingleses.

Liderados por um tal Peter Kynaston e trabalhando infiltrado além das linhas inimigas, esse pequeno e mal ajambrado grupo pratica táticas de guerrilha contra os alemães. O que não deixa de ser uma ironia, por mostrar aqueles que hoje não podem nem ouvir a palavra "terrorismo" (os ingleses), praticamente inventando a matéria.

Ennis equilibra sua narrativa usualmente enxuta com bons diálogos carregados em tom de desabafo político e boas cenas ação no traço do Robertson, que está mandando cada vez melhor, especialmente nas expressões faciais.


Guerra Secreta

Durante décadas, Nick Fury e a SHIELD protegeram o mundo de todo tipo de ameaça. Agora, uma nova conspiração está em andamento... e ninguém vai fazer nada a respeito.

Disposto a arriscar seu cargo e a própria vida para evitar que inocentes sejam sacrificados em nome de interesses políticos, Fury reúne um exército de super-heróis para travar uma batalha jamais imaginada. Uma verdadeira... Guerra Secreta!

Esta é uma excelente história de espionagem contada em dois tempos, ao melhor estilo de Bendis.

O leitor acompanha duas histórias paralelas, uma operação secreta promovida por Fury contra a nova governante da Latvéria, sob o pretexto de que ela estaria financiando supercriminosos para um futuro ato terrorista; e um misterioso ataque contra Luke Cage, que foi um dos "convidados" do chefão da SHIELD nessa Guerra Secreta.

Além da ação e do suspense, o que marca a história são os diálogos de Bendis, com seu humor peculiar, como a fala de Cage quando chega à Latvéria: "A população negra do país acabou de aumentar 150%".

A arte de Gabrielle Dell´Otto é um espetáculo à parte. Não só seu traço é bem feito, como o trabalho de cores está fantástico. A mistura de técnicas que ele usa e o tom sombrio que escolheu para a série são uma combinação perfeita para a história que está sendo contada.



Marvel Knights Spider-Man, Série Periódica - Parte III